Constelação Sistêmica

Constelação Sistêmica

O que é Constelação Sistêmica?

Constelação Sistêmica é uma psicoterapia sistêmica breve de natureza fenomenológica criada pelo alemão Bert Hellinger, através da qual é possível identificar as dinâmicas ocultas que ocorrem dentro de um sistema e assim caminhar rumo a solução destes conflitos, os quais na maioria das vezes atuam em nossas vidas de forma inconsciente, trazendo-os assim para a luz da consciência.

Constelação, pois refere-se ao método onde as pessoas são posicionadas em um espaço como representantes dos elementos de um sistema. O nome “constelação” ainda foi influenciado pela tradução do nome original em alemão, Familienaufstellung, que literalmente significaria “representação familiar”. Porém o verbo “stellen” em alemão teve sua primeira tradução para o inglês como “constellate”, que em suma, representa posicionar certos elementos numa dada configuração.

Sistêmica, pois envolve não apenas o cliente que traz a questão em si, mas também todo o sistema ao qual ele está inserido. Neste contexto, considera-se sistema tudo o que é formado por mais de uma pessoa onde exista uma influencia mútua em pró de um bem maior, como por exemplo uma família, um projeto, uma empresa, um país, etc.

Fenomenológica, por se tratar de um método que busca entender e refletir à respeito do que se mostra, ao que se apresenta em uma dinâmica através da fenomenologia dos campos mórficos ( ver mais no nosso post sobre Ressonância Mórfica ).

Breve, pois a questão pode ser tratada em um único encontro que pode durar menos de duas horas. Breve do ponto de vista da ação terapêutica em si, mas longa no aspecto dos efeitos do tratamento, que podem reverberar por anos.

Como funciona uma sessão de Constelação Sistêmica

A constelação é uma terapia de grupo, porém pode ser realizada individualmente. No caso de ser em um grupo, inicialmente, o facilitador faz uma pequena entrevista com o cliente, e em seguida, o cliente escolhe pessoas do grupo para representar os membros relevantes de acordo com a entrevista realizada. As pessoas escolhidas são posicionadas pelo ambiente, ou campo como normalmente é chamado. Depois disso, os representantes descrevem seus sentimentos e suas percepções. Durante a dinâmica o facilitador observa tais movimentos e realiza algumas intervenções no posicionamento, e ainda pode sugerir algumas falas aos representantes até o ponto em que uma possível solução seja encontrada.

Constelação Familiaar

Aplicações da Constelação Sistêmica

Constelação Familiar

Talvez a mais popular hoje em dia, esse modelo propõe atuar em casos pessoais como problemas de relacionamentos, emaranhamentos com membros da família, questões profissionais como dificuldades de se encontrar um trabalho, insatisfação comportamental sob quaisquer situações, questões de saúde, entre outros. As constelações familiares ajudam ainda quando a pessoa se encontra em situações de divórcio dos pais, quando sentem que não se encaixam em um determinado grupo ou situação, quando acontecimentos históricos geraram situações difíceis na sua família, em casos de bullying e muito mais.

Constelação Organizacional

Este método atua diretamente no ambiente organizacional, em casos como problemas de comunicação entre equipe, dificuldade no andamento de projeto, além de auxiliar no planejamento estratégico, retenção de talentos, tomada de decisões, entre outros. Pode ainda solucionar conflitos com chefes ou qualquer problema com hierarquia na empresa, quando a pessoa se sente excluída da equipe ou dos planos da companhia, problemas para se conseguir clientes, relacionamento com funcionários entre muitas outras aplicações.

Muitas vezes as constelações organizacionais revelam questões de ordem familiar, e sendo assim estes dois métodos – organizacional e familiar – passam a atuar juntos na dinâmica, em busca da possível solução.

Esta excepcional psicoterapia, ou metodologia sistêmica, ou ainda muitas vezes chamada simplesmente de ferramenta, pode se estender também aos âmbitos pedagógico (Pedagogia Sistêmica), jurídico (Direito Sistêmico) entre outras áreas.

Esta terapia tem impressionado por sua ação no nível anímico, isto é, na cura da alma, e por sua dinâmica extraordinária, em que agentes “representam” personagens familiares, “representam” profissões, “representam” empresas, “representam” imóveis, “representam” sintomas e doenças, e assim os passos são brevemente revelados e novos olhares são assumidos pelos seus clientes.

O trabalho de constelação tem se revelado mais que apenas um tratamento psicoterapêutico, mas sim como um princípio de vida para aqueles que estudam ou que tem um contato mais a fundo com essa obra.

Gratidão
Villa do Bem


Gostou dessa matéria? Deixe um comentário! Compartilhe com seus amigos!
A gente te agradece muito!

Relacionados